POESIA

Estou dona de uma tristeza hoje,

que quase que não cabe em mim...

Por isso vaza... Vaza como represa rachada...

Se esvai em gotas...

Bem capazes até, de encher um oceano...

E não sei bem o que me entristece...

Se é esse corpo, tão limite da alma

Ou se é essa alma, tão carente de corpo

Que lhe dê possibilidades ilimitadas de fazer

Tudo aquilo que se anseia nas madrugadas

Um toque na face, um sorrido de companhia

mas passa... tudo passa.